Entenda se você está preparado para morar em um apartamento

Tempo de leitura: 3 minutos

Escolher entre morar em apartamento ou casa é uma etapa muito importante na busca pela nova residência. As duas alternativas apresentam prós e contras, por isso, você deve analisar muito bem o seu perfil e seu estilo de vida para descobrir qual delas lhe será mais gratificante. Por exemplo: se você estiver sozinho na mudança, um apartamento é uma boa opção.

Contudo, isso não quer dizer que quem tem uma grande família, com filhos pequenos ou animais de estimação, não possa se acomodar bem em um apartamento. Afinal, existem condomínios de todos os tamanhos e com as mais diversas infraestruturas para atender às necessidades da maioria das pessoas.

Portanto, continue acompanhando este post para conhecer as vantagens e desvantagens de viver em um edifício e descobrir se você se adequará a esse estilo de vida. Veja a seguir!

Conheças as vantagens

Localização

Um dos primeiros benefícios é a localização. Geralmente, os grandes centros abrigam inúmeros edifícios residenciais e quase nenhuma casa. Para quem trabalha nessa região, viver em um apartamento próximo ao emprego é extremamente vantajoso.

Dessa forma, evita-se ter que passar muito tempo no trânsito, além de ter acesso fácil aos serviços básicos, como supermercados, academias, shoppings, entre outros.

Segurança

Boa parte dos condomínios possuem porteiros 24h e câmeras de vigilância que funcionam sem interrupção, para garantir a segurança dos moradores. Isso diminui drasticamente as chances de assaltos, invasões e furtos, tornando a moradia muito mais tranquila para você dormir sossegado todos os dias.

Preço

O custo de vida em edifícios também é um fator a ser levado em conta. A vantagem nesse caso é que as despesas de um apartamento, geralmente, são bem mais enxutas do que as de uma casa, já que grande parte dos custos de manutenção, reparos e contratação de serviços está inclusa no condomínio. Em uma casa, você terá que arcar sozinho com todos esses gastos.

Confira as desvantagens

Regras

Uma das desvantagens de morar em apartamento é ter de obedecer às regras de convivência do local. É comum que os edifícios tenham suas normas para facilitar o convívio de tantas pessoas diferentes em uma mesma área, como limite de horário para festas e a necessidade de autorização para usar as áreas de lazer. Isso pode ser um ponto negativo para quem gosta de viver sob o próprio comando.

Espaço

Esse é outro ponto que pode pesar em sua decisão. Caso você faça questão de um lar bem espaçoso, encontrar um apartamento assim pode ser complicado.

A não ser que tenha condições de manter uma moradia de alto padrão, pois boa parte dos prédios residências possuem apartamentos mais compactos, sobretudo os empreendimentos mais novos.

Além disso, tais condições podem lhe exigir mais cautela na hora de decorar sua casa, já que terá de se limitar aos itens essenciais.

Privacidade

Essa questão é importantíssima na hora de escolher entre uma casa ou um apartamento. Como dissemos mais acima, você terá de conviver com outras pessoas em um prédio residencial, viver lado a lado e dividir as áreas comuns do edifício.

Se você gosta de uma vida mais isolada, a possibilidade de lidar com barulhos de reformas, discussões e sons altos pode lhe desestimular.

Apesar de existirem desvantagens, morar em apartamento traz mais benefícios e boa qualidade de vida para seus residentes. Afinal de contas, ter que conviver bem com vizinhos é um preço pequeno a ser pago em troca da facilidade do centro, da segurança e de uma infraestrutura completa para o seu conforto e comodidade.

Gostou deste artigo? Então nos siga no Facebook e no Twitter e acompanhe as novidades que divulgamos sobre o tema!

Oportunidades Valore Imóveis no bairro Cruzeiro, confira!

Apartamento de 2 quartos, 63m² à venda no Cruzeiro | R$740.000,00

Apartamento de 3 quartos, 87m² à venda no Cruzeiro | R$790.000,00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *