8 dicas para tornar um imóvel seguro para crianças

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

imóvel seguro para crianças

Casais à procura de um lar sentem grande dificuldade na hora de escolher o imóvel próprio, principalmente quando seus planos envolvem ter filhos. Muitos levam em conta o tamanho da casa ou do apartamento, pois o número de quartos deve acomodar toda a família com conforto. Mas um item que costuma passar despercebido por compradores de primeira viagem é a segurança das crianças. Para ajudar nessa missão, preparamos este post.

Confira 8 dicas para encontrar um imóvel e torna-lo seguro para crianças!

Instale portões de segurança e corrimões em escadas

Foto_1_-_Corrimão_(post_8_dicas_segurança_crianças)

Caso o imóvel possua mais de um andar, é importante investir em portões de segurança em cada ponto da escada para evitar quedas. Além disso, caso a escada seja aberta lateralmente, é preciso investir em itens de segurança, como o corrimão ou até mesmo o gradeamento lateral.

Tranque portas e janelas

Crianças são curiosas por natureza. E para que a segurança da casa esteja em dia, você deve pensar como os pequenos, identificando ameaças que possam colocá-los em perigo. Ao entrar em um imóvel, observe as portas e janelas.

Algumas casas e apartamentos, inclusive, já possuem travas nesses itens — o que é de grande ajuda na segurança. Mas caso as portas e janelas não contenham travas, pense que você precisará colocar. Também é importante investir em uma grade de proteção nas janelas.

Atente-se para a área da piscina

Se o imóvel tem uma piscina, é importante que a região seja completamente segura. O afogamento infantil acidental, infelizmente, é uma principais causas de fatalidades com crianças e, por isso, a área da piscina deve ser totalmente gradeada e ter um portão com tranca. Uma opção também são as lonas e as redes, desde que presas por fora da piscina para garantir que todos os acessos à água estão fechados.

Use protetores em tomadas

Foto_4_-_Tomadas_(post_8_dicas_segurança_crianças)

As tomadas devem contar com protetores especiais para evitar que as crianças tomem choque. Esses protetores devem ser colocados em todas as tomadas do imóvel. A vantagem é que essas peças normalmente são baratas.
Isole a fiação elétrica.

Também é importante atentar-se à fiação do imóvel, observando se está tudo em dia e se existem fios soltos. Caso você observe a presença desse tipo de problema, ele deve ser corrigido para que as crianças não puxem os fios e acabem recebendo um choque. Os fios devem estar fixados nas paredes de maneira correta e cobertos por fita isolante ou canaletas, de maneira que não possam sem tocados. Outra opção é fixa-los a uma certa altura, para que não sejam alcançados pelas crianças.

Cerque as sacadas e as varandas

Foto_3_-_Cercar_varandas_(post_8_dicas_segurança_crianças)

As sacadas e varandas também devem receber uma proteção para garantir a segurança das crianças em casa. Invista na rede de proteção e garanta que a porta para esses ambientes tenha tranca. Caso você observe vãos nesses ambientes, eles devem ser fechados e protegidos.

Tenha cuidado com a banheira

Ao ver uma banheira, o interesse do casal pelo imóvel tende a crescer. Mas no caso de quem planeja ter filhos, é importante tomar cuidado com essa área.

Crianças pequenas não devem ser deixadas sozinhas perto de banheiras, mesmo que com pouca água. Como o peso de sua cabeça tende a ser maior que o do corpo, elas não tem muito equilíbrio e podem cair — o que pode representar risco de afogamento.

Se mesmo assim o casal optar por um imóvel com banheira, ele pode comprar tiras adesivas antiderrapantes que são fixadas no chão. Elas diminuem as chances de queda.

Coloque proteção nas quinas do mobiliário

Alguns imóveis podem ter áreas de mármore com quinas que acabam sendo perigosas para as crianças. Nesse caso, é importante que seja colocada uma proteção para evitar que os pequenos se machuquem.

Seguir dicas de segurança é fundamental para garantir que as crianças estejam protegidas em casa. Quando se trata da busca de um imóvel, esses cuidados são ainda mais importantes para que o investimento realmente valha a pena.

Você conhece outra dica de segurança? Compartilhe-a com os leitores no campo de comentários!

está na hora de se mudar?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *