Por que avaliar corretamente o preço de um imóvel influencia na sua liquidez de mercado?

Tempo de leitura: 3 minutos

Avaliar corretamente o preço de um imóvel pode garantir a sua venda em um prazo menor. No entanto, quanto uma má precificação pode influenciar neste intervalo? Ou ainda, quais são as variáveis que envolvem esse processo?

Saber disso pode fazer a diferença para que você consiga vender, alugar ou até comprar um imóvel sem ter prejuízos. Então não perca tempo, descubra agora mesmo as respostas para todas essas questões.

O que é a liquidez no mercado imobiliário?

A liquidez, no âmbito econômico formal, trata-se da velocidade e facilidade com a qual um bem ou ativo pode ser convertido em caixa. Em outras palavras, em se tratando do mercado de imóveis:

  • quanto menor a liquidez de um imóvel, maior poderá será o prazo para ocorrer a sua venda.

Por esse motivo, o desejo de quem vende um imóvel é ter uma boa liquidez sem perder o valor do seu bem. Diversos fatores podem afetá-la de forma direta ou indireta, por isso, é indispensável fazer uma boa avaliação mercadológica.

 

A influência da avaliação mercadológica de um imóvel na sua liquidez

Na hora de avaliar um imóvel, é comum surgirem conflitos de interesses ou de opiniões entre as pessoas envolvidas. Uma vez que os proprietários dos imóveis podem ter expectativas superestimadas, por associar valores afetivos ao bem. Algo que um comprador não considerará, tendo em vista as diversas opções no mercado.

Faz-se necessária, portanto, uma avaliação de imóveis bem estruturada e que observe os fatores relevantes para o mercado. Do mesmo modo, para avaliar corretamente o preço de um imóvel, é preciso experiência e conhecimento de cada variável, por parte dos avaliadores.

A Valore, por exemplo, possui uma equipe de corretores com grande expertise no mercado que se reúne em comitê duas vezes por semana. O objetivo desses comitês é, justamente, avaliar de forma detalhada cada imóvel conforme:

  • a localização;
  • a estrutura;
  • o número de andares;
  • a idade;
  • a qualidade do acabamento;
  • a presença ou ausência de áreas de lazer;
  • a face para o sol;
  • à vista;
  • a disponibilidade da vagas de garagem;
  • a segurança e muito mais.

Afinal, somente assim é possível estabelecer um valor justo para ambas as partes. O que consequentemente, garante que o imóvel tenha uma boa liquidez no mercado.

 

Quanto uma má precificação de um imóvel pode prejudicar na sua liquidez de mercado?

Por vezes, visando não perder um cliente, ou ainda, mantê-lo em exclusividade, algumas imobiliárias e corretores podem negligenciar a avaliação. Isso acontece pois, erroneamente, elas tentam evitar a frustração de um cliente que superestima um imóvel ao conhecer o seu real valor.

Esse tipo de atitude, além de pouco profissional, também é prejudicial para o próprio cliente.  Uma vez que uma má avaliação, pode fazer com que o imóvel anunciado se torne mais difícil de ser negociado.

Outro erro, dessa vez dos próprios proprietários, é evitar uma nova avaliação para utilizar a que foi feita a anos atrás.

Isso é errado porque os valores de mercado mudam constantemente. Portanto, é importante manter as informações atualizadas. Caso contrário, o imóvel poderá ser anunciado com um valor muito inferior ou acima da média do mercado. O que também pode prejudicar a sua liquidez.

 

Avaliar corretamente o preço de um imóvel é necessário!

Como deu para notar, avaliar corretamente o preço de um imóvel é fundamental para garantir a liquidez do mercado. Então, se você deseja ter uma avaliação que respeite a veracidade do mercado, considere ter o seu imóvel avaliado por profissionais sérios e comprometidos.

Entre em contato com a gente e conheça nossos serviços.

Veja ainda: quais são as 8 atitudes simples que ajudam a reduzir as despesas de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *