Saiba como investir em fundos imobiliários

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Fundos imobiliários são grupos de investidores fiscalizados por uma entidade financeira (CVM) que investem em empreendimentos de vários tipos. Investir em fundos imobiliários é uma ótima opção para quem quer investir em imóveis, pois ele permite aplicar seu dinheiro em vários empreendimentos, como shoppings, loteamentos e edifícios de grande porte, ao mesmo tempo, e assim diminuir seus riscos.

Todo fundo imobiliário possui um regulamento que determina como serão aplicados os recursos. Assim, podemos encontrar fundos que aplicam somente em imóveis prontos, em construções, em outros fundos e assim por diante.

Um fundo imobiliário obtém seus retornos por meio dos aluguéis dos imóveis, da venda ou de seu arrendamento. Esses rendimentos são distribuídos periodicamente aos cotistas de forma proporcional à quantidade de cotas que cada um possui.

Um ponto a se ressaltar é que os fundos imobiliários são fechados, ou seja, eles têm uma quantidade definida de cotas e dificilmente variam. Assim, somente quando alguém quer vender uma cota você pode comprá-la, caso o fundo não seja novo. Isso pode gerar falta de liquidez, se você quiser vender sua cota.

Muitos investidores têm dúvidas sobre como investir em fundos imobiliários. Por isso, trouxemos um passo a passo para você que quer saber mais.

1. Encontre uma corretora

Procure e pesquise uma corretora de sua confiança. Os fundos imobiliários são negociados na bolsa de valores ou no balcão organizado – daí a necessidade de uma corretora de valores imobiliários para fazer a aquisição.

Pesquise uma corretora que atenda a suas necessidades. Converse com outros investidores e veja qual a melhor opção para você e quais são as empresas com boa fama no mercado.

2. Escolha seu fundo

Veja as opções disponíveis e escolha o fundo que mais se adequa às suas expectativas e perfil. Todo fundo tem um regulamento que dita quais investimentos serão feitos por ele. Saiba quem é o gestor do fundo (responsável por tomar as decisões de investimento) e verifique se ele tem as qualidades necessárias para a função.

Procure saber também sobre os últimos rendimentos do fundo e analisar se se aproximam do resultado que você espera.

3. Adquira sua cota

Após analisar a corretora e o melhor fundo a se investir, negocie a compra da cota. Como os fundos são fechados, é necessário o intermédio da corretora ou de um home broker (sistema que possibilita a negociação de ações pela internet) para adquirir sua cota.

4. Analise o cenário antes de investir em fundos imobiliários

Os investimentos em fundos imobiliários são uma ótima opção de investimento, dada sua segurança e rentabilidade. Entretanto, no nosso instável atual cenário sociopolítico, movimentos inesperados podem acontecer.

Mudanças políticas e econômicas influenciam diretamente os rendimentos dos investimentos. Esteja preparado e pesquise bem sobre a influências dos rumos políticos sobre seu investimento.

Tendo isso em vista, você pode se preparar para investir com segurança. Por outro lado, muitos fundos podem até se beneficiar de oscilações inesperadas no cenário atual. Aproveite e use estas oscilações a seu favor.

Está se sentindo mais qualificado para investir em fundos imobiliários? Naturalmente, todo tipo de investimento gera dúvidas e incertezas. Deixe nos comentários suas dúvidas e ficaremos felizes em ajudá-lo a fazer ótimos investimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *