5 razões para comprar imóveis na crise

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Comprar imóveis é uma tarefa que sempre exige muita pesquisa e a avaliação de diversos aspectos, principalmente, em tempos de crise econômica.

Mas, você já parou para pensar que, talvez, a crise não seja um problema e, sim, uma solução para que você possa adquirir um imóvel? Pensando nisso, listamos cinco razões para comprar imóveis na crise. Continue a leitura e entenda!

Comprar “na baixa”

Foto 1 - Comprar na baixa (post 5 razões comprar na crise)

Em tempos de crise, muitas pessoas tendem a deixar de investir em alguns setores. Isso porque elas preferem destinar seus investimentos a outras necessidades mais básicas. Esse fato, juntamente com a redução da demanda por imóveis (já que com a população menos capitalizada a preferência se torna o aluguel), faz com que os preços se ajustem, tornando a compra mais atrativa.

Além disso, muitos proprietários de imóveis sentem a necessidade de se capitalizar e aceitam reduzir o preço de seus imóveis visando uma venda mais rápida.

Construtoras desovam estoques

Se uma pessoa ficou desempregada e contava com o salário que recebia para pagar as prestações de um imóvel, certamente, ela não terá condições de manter o pagamento e terá que devolver a casa ou apartamento para a construtora.

Em situações como essa, geralmente, a tendência das construtoras é baixar ainda mais o preço do imóvel, por se tratar de uma devolução.

Você pode conseguir descontos pagando à vista

Foto 2 - Descontos à vista (post 5 razões comprar na crise)

Se você tem dinheiro guardado e tem o desejo de investir em imóveis, esse é o momento mais adequado. Geralmente os proprietários e construtoras que colocam seus imóveis nas imobiliárias costumam conceder descontos para quem faz pagamentos à vista, principalmente em épocas de crise, quando se tem uma necessidade maior de alavancar as vendas.

Isso não quer dizer que você não possa negociar um bom preço na condição parcelada. Entretanto, você deve avaliar se há condições de manter em dia os pagamentos das parcelas. No caso de optar pelo pagamento parcelado, verifique também as taxas de juros.

O FGTS pode ser uma solução

Se você tem uma longa jornada de trabalho formal, certamente terá um bom valor de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para sacar. Caso você saia da empresa, esse valor será seu para utilizar como achar melhor. Mas, mesmo empregado, você pode utilizar o FGTS em alguns casos, como para a aquisição de um imóvel.

Deixar esse dinheiro parado no banco pode não ser uma boa ideia, pois os rendimentos são relativamente baixos. Investir em um imóvel utilizando o FGTS é a opção de muitas pessoas que ficam desempregadas, uma vez que o imóvel pode render um valor fixo mensal, ao ser alugado.

A crise não dura para sempre

Provavelmente, em alguns meses, a crise irá passar e o mercado tende a se estabilizar. Quando isso acontecer, os preços dos imóveis devem subir novamente. Portanto, o momento ideal para adquirir um imóvel é agora!

Comprar imóveis em tempos de crise pode ser muito vantajoso, pois, além das razões citadas, há ainda melhores condições de negociação. Neste cenário, o auxílio de uma imobiliária é fundamental para encontrar as oportunidades adequadas.

Gostou das dicas? Ficou com alguma dúvida sobre o que foi apresentado? Então, deixe seu comentário!

está na hora de se mudar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *