Consórcio imobiliário: 5 dicas para não errar ao contratar um

Tempo de leitura: 4 minutos

O consórcio de imóveis tem se popularizado cada vez mais e até já debatemos aqui no blog da Valore Imóveis se o consórcio imobiliário vale a pena.

Ter paciência e não ter urgência para se mudar costuma ser o básico para uma boa experiência, apesar de, em alguns casos, o cotista poder ser sorteado logo nas primeiras parcelas e receber a carta de crédito.

Mas você sabe o que fazer para não errar ao contratar esse serviço? Para te ajudar, elaboramos esse artigo com 5 dicas para ter sucesso na contratação do consórcio imobiliário.

1. Pesquise sobre a administradora

Assim como é importante pesquisar sobre a construtora ao comprar um imóvel na planta, validar o histórico da administradora de um consórcio é essencial.

Sempre opte por empresas autorizadas pelo Banco Central. Se a administradora não constar na lista do Bacen, ela pode estar agindo de forma irregular ou clandestina. Esse órgão também recebe reclamações das administradoras, o que pode ser um parâmetro para avaliação e escolha.

Por isso é importante entender como funciona o consórcio imobiliário.

2. Avalie bem o contrato e as taxas

Apesar de o consórcio imobiliário, assim como o de automóvel, ser muito atraente por não cobrar juros, existem taxas que são obrigatórias a todos cotistas.

Além da taxa de administração, usada para pagar pessoal e infraestrutura, ainda existe a taxa de garantia do fundo de reserva ao grupo do consórcio, por meio da qual pode-se perceber a saúde financeira do grupo, visto que taxas altas significam percepção de maior risco por parte da administradora.

Então, não deixe de considerá-las no planejamento de seu investimento. Avalie bem cada ponto para não errar na escolha.

3. Não atrase os pagamentos

Ao atrasar o pagamento das parcelas de um consórcio de imóveis, o cotista perde o principal apelo econômico desse tipo de investimento: a ausência de juros.

Além de incidir juros no momento do pagamento em atraso, a inadimplência pode prejudicar todo o grupo, aumentando o valor da taxa de reserva a ser paga.

E se o atraso for recorrente, o cotista pode até ser expulso do grupo, além de ficar com o investimento travado até que seja sorteado entre todos os cancelados. Outro problema do pagamento em atraso é que, se na assembleia você for contemplado, você perde o seu direito de receber a carta de crédito.

4. Não falte às assembleias

Faltar às assembleias do grupo pode fazer com que o cotista fique sem informações essenciais para a saúde do seu investimento, como questões burocráticas e reajustes.

São nessas reuniões que o consorciado tem contato com documentos importantes do sistema de consórcio e, também, ciência das movimentações financeiras que são realizadas. No entanto, nem sempre elas acontecem na cidade do cotista, o que demanda deslocamento ou acompanhamento por meios virtuais.

Certamente você quer saber como seu dinheiro está sendo utilizado. Por isso, fique atento às datas das reuniões.

5. Planeje o seu investimento no consórcio imobiliário

Como qualquer investimento de grande porte, a aquisição de cotas de um consórcio imobiliário deve ser levada a sério e planejada previamente.

Se você morar de aluguel, por exemplo, leve em consideração que você terá um gasto em dobro sem ser proprietário de nenhum dos imóveis.

Por isso, é importante ter em mente que o valor aplicado em um consórcio imobiliário pode ter retorno a curto ou longo prazo.

Então é importante ser paciente, pois, ao longo dos meses, você poderá contar com sua carta de crédito para comprar imóveis novos ou usados, residenciais ou comerciais, quitar o financiamento do seu imóvel, adquirir terrenos e financiar construções ou até economizar na compra de uma casa ou apartamento.

E se você não quer realizar um financiamento, esta pode ser a melhor opção para facilitar a compra do seu imóvel. Caso queira saber mais sobre o tema, entre em contato com a gente. A Valore tem parceiros que poderão lhe ajudar nesse momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *