Financiamento do segundo imóvel: redução de juros e outras vantagens

Tempo de leitura: 6 minutos

Depois de alguns anos, você finalmente alcançou uma condição financeira e profissional que lhe permite alçar voos mais altos. Então, para transformar seus desejos em realidade, você vê o financiamento do segundo imóvel como algo que viabiliza novos investimentos, ou até a compra de uma nova opção de moradia.

Nesse caso, tendo o seu atual imóvel como garantia, é possível obter inúmeras vantagens, como taxas de juros mais baixas e um prazo estendido. Esse tipo de empréstimo, contudo, não é indicado para qualquer pessoa — afinal, como é usado um patrimônio como fiança, o credor deverá ter a certeza de que conseguirá honrar a quitação da dívida.

Diante disso, reunimos aqui algumas vantagens de fazer o financiamento do segundo imóvel, para que você entenda melhor essa modalidade de crédito. Interessado? Continue lendo e confira!

Principais vantagens de financiar o segundo imóvel

Redução da taxa de juros

De maneira geral, o valor das taxas de juros é influenciado pelo risco atrelado à operação. Quanto maior for o risco para instituição financeira, maiores serão os valores cobrados.

Agora, quando alguém utiliza um imóvel como garantia para o financiamento de uma segunda residência, o banco entende que essa operação apresenta riscos menores. Dessa forma, as instituições financeiras conseguem oferecer taxas de juros mais baixas.

Bom uso para o FGTS

Um dos direitos mais conhecidos do trabalhador formal, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço — o famoso FGTS — pode ser um grande aliado na compra de um imóvel. No entanto, assim como acontece na aquisição da primeira residência, para poder usá-lo é preciso ficar atento às regras exigidas.

Se você já possui um imóvel em uma determinada cidade, o FGTS só poderá ser usado na compra de uma residência localizada em outro município. Além disso, o bem a ser adquirido deverá estar situado na região em que o comprador mora ou trabalha.

Ainda assim, o trabalhador deverá sempre aproveitar a oportunidade de sacar o seu Fundo de Garantia, uma vez que ele apresenta baixo rendimento — cerca de 4% ao ano. Logo, é possível obter maiores ganhos ao utilizar o recurso para quitar uma dívida cuja taxa de juros é mais cara.

Possibilidade de obter benefícios fiscais

Uma das vantagens do financiamento do segundo imóvel — principalmente se você usá-lo como moradia — é a obtenção de alguns benefícios fiscais. Dessa maneira, é possível deduzir do seu imposto de renda o que foi gasto em juros.

Caso a residência seja alugada por mais de 14 dias em um ano, no entanto, fica comprovado que o principal objetivo do imóvel é ser usado como investimento. Portanto, você perderá o direito ao benefício.

Ótimo investimento

Apesar de existir uma grande variedade de investimentos no mercado, comprar um imóvel ainda é considerado uma ótima opção para quem procura segurança e um retorno a longo prazo. Não é por menos que boa parte dos milionários têm uma parcela do seu patrimônio investida em imóveis.

O importante é ficar atento às boas oportunidades, visto que, quando bem escolhida, uma residência tem um grande potencial de valorização.

É necessário procurar por lançamentos em locais de pleno crescimento, que estejam recebendo investimentos em infraestrutura e em que estão sendo construídos outros empreendimentos residenciais ou comerciais.

Desse modo — por se tratar de um investimento em um bem físico, que tende a se valorizar com o passar do tempo — existe a grande probabilidade de o seu capital não sofrer com as constantes oscilações do mercado.

Fonte de renda extra

locação de um imóvel é uma das formas encontradas por muitos investidores para obter uma renda extra estável. Portanto, ao comprar uma segunda residência, você tem a possibilidade de trazer essa rentabilidade ao seu investimento imobiliário.

Com esse recurso, é possível quitar parte da prestação mensal do financiamento, por exemplo — o que lhe permite construir o seu patrimônio sem a necessidade de comprometer grande parte do seu orçamento. Ainda assim, é bom estar ciente de que existem alguns riscos nessa operação.

Em épocas de mercado desaquecido, por exemplo, a sua residência pode não ter inquilinos, lhe obrigado a manter os custos de manutenção e as taxas do condomínio por contra própria. Outro fato que deve ser considerado é que, em muitos casos, para que se tenha mais segurança, a burocracia envolvida nesse processo de locação pode não ser tão simples.

Melhora na qualidade de vida

Sem dúvida, uma das grandes vantagens de se ter um segundo imóvel é a possibilidade de melhorar a sua qualidade de vida.

É cada vez mais comum que os novos condomínios ofereçam uma grande variedade de serviços, além de uma estrutura de lazer completa. Isso permite aos moradores, dentre outras coisas, uma economia de tempo. Em vez de enfrentar o caótico trânsito existente nas grandes cidades para ir à academia, por exemplo, basta usar a que já lhe é oferecida nos condômino.

Além disso, a compra de um segundo imóvel ainda pode lhe proporcionar mais conforto e comodidade se você tiver problemas com o espaço do seu atual apartamento — seja porque o apartamento ficou pequeno com o nascimento de um novo filho ou porque ficou grande com a saída de alguém.

Algumas dicas úteis sobre o financiamento do segundo imóvel

Como qualquer investimento no mercado imobiliário, a compra do segundo imóvel não é algo que deva ser feito de qualquer maneira. Por se tratar de um bem de elevado valor, é necessário ter alguns cuidados antes de qualquer coisa.

Para que você comece a pensar em uma nova residência, é preciso que a primeira esteja, de fato, quitada. Além disso, é fundamental liquidar quaisquer outras dívidas antes de realizar um novo investimento — assim, as chances de você se complicar financeiramente serão reduzidas.

Enfim, depois de tudo o que vimos aqui, se você deseja ter ainda mais segurança em sua escolha, não hesite em buscar a ajuda de quem entende do assunto, como uma boa imobiliária! Ao contar com um bom profissional, será possível encontrar boas (e seguras) oportunidades de financiamento do segundo imóvel, que atendam bem a seu perfil.

Então, gostou do nosso post? Caso você tenha se interessado no assunto, aproveite para ler também sobre a importância de se planejar financeiramente antes de fazer um financiamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *