Rentabilidade de imóveis: luxo ou convencionais, qual rende mais?

Tempo de leitura: 3 minutos

Comparar a rentabilidade de imóveis é uma obrigação de quem investe na área. Existem diversos fatores que podem impactar essa variável e o investidor certamente quer conhecer todos eles para saber onde seu dinheiro renderá mais.

Uma dúvida comum, mesmo entre pessoas que já investem em propriedades imobiliárias, é se vale mais a pena investir em imóveis de luxo ou convencionais. Neste artigo, apresentamos um comparativo que pode ajudar essa decisão. Boa leitura!

Opções de investimento em imóveis

Apesar de ser considerada uma modalidade segura, o investimento em imóveis pode ser arriscado se for realizado de forma displicente. O investidor precisa estudar bem os imóveis em que vai colocar o seu dinheiro para reduzir as chances de que se frustre com os resultados.

Uma das características que deve ser avaliada é se o imóvel alvo do investimento é considerado luxuoso ou não. Com os recursos usados para investir em um único imóvel de luxo, muitas vezes é possível diversificar em vários outros com padrões inferiores.

Ao mesmo tempo, como são mais caros e visam um público com maior poder aquisitivo, os imóveis de luxo geram uma receita bruta superior.

Também é muito importante avaliar outros aspectos da propriedade imobiliária que vão além da questão do luxo. Análise a localização e o estado do imóvel, além de detalhes da propriedade.

E por fim, vale a pena estudar o histórico de rentabilidade do imóvel, levantando dados sobre a sua vacância e os valores cobrados por propriedades similares. Normalmente, essas informações podem ser fornecidas pela própria imobiliária.

Diferenças entre a rentabilidade de imóveis de luxo e tradicionais

A principal vantagem do investimento em imóveis de luxo é que esse segmento é um pouco menos sensível às crises financeiras e outras incertezas.

Isso significa que as variações de mercado afetam esse tipo de investimento com intensidade menor, o que dá mais segurança ao investidor. Além disso, como são mais exclusivos, é comum que tenham uma valores de aluguel e venda proporcionalmente maiores do que os de imóveis tradicionais.

Por outro lado, a vacância e o tempo de venda de imóveis de luxo pode ser um pouco maior do que imóveis mais baratos, pois o seu público é menor e mais seletivo.

Mas essa regra não vale para todos imóveis de luxo: algumas propriedades são extremamente desejadas e tem uma procura maior. Para ter certeza, vale a pena contar com o suporte de imobiliárias que dominem o mercado de luxo.

Já os imóveis tradicionais, no geral, apresentam uma rentabilidade um pouco menor, mas diversificam o investimento, o que pode dar uma segurança maior ao investidor. Por outro lado, a administração desse investimento em múltiplos imóveis é mais complexa e envolverá um custo maior.

A dica aqui é sempre conversar com especialistas antes de decidir em quais imóveis investir. Apesar de ser uma área rentável e segura, o suporte e o conhecimento agregado podem ajudar a reduzir os riscos e aumentar as chances de que o investidor aproveite oportunidades melhores.

E agora que você já sabe algumas diferenças da rentabilidade de imóveis tradicionais e de luxo, que tal aproveitar para baixar o e-book que vai te ensinar tudo sobre investimento em imóveis?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *